Libertadores: Boca e River empatam no 1º jogo da decisão

Os primeiros 90 minutos da final da Libertadores entre os dois maiores rivais argentinos foi de encher os olhos dos torcedores. No jogo de quatro gols e sem jogadas violentas, Boca e River mostraram bom futebol e abrilhantaram a decisão do principal torneio das Américas.

Os torcedores argentinos tiveram que esperar um dia a mais para acompanhar o superclássico. Isso porque a partida, inicialmente marcada para sábado, foi adiada para esse domingo por conta da forte chuva que atingiu Buenos Aires.

Diante de sua torcida, que proporcionou um verdadeiro show nas arquibancadas, o Boca abriu o placar aos 33 do primeiro tempo com Ábila, no momento em que o River era melhor na partida. Mas nem deu pra comemorar muito. Logo após a saída de bola, Lucas Pratto deixou tudo igual.

Pouco antes do intervalo, a estrela de Benedetto, carrasco do Palmeiras na semifinal, brilhou. Após cobrança de falta, o atacante cabeceou e deixou os xeneizes em vantagem. Foi o quarto gol nas últimas três partidas, sendo duas de semifinal e uma de final. Será que o cara é decisivo?

Na etapa complementar, os times foram mais cautelosos. Em um lance de bola parada, no entanto, saiu o empate do River. O zagueiro Izquierdoz tentou cortar um cruzamento e mandou contra o próprio patrimônio, após disputa com Lucas Pratto. Final de jogo, Boca Juniors dois, River Plate também dois.

O jogo de volta será no dia 24 de novembro, no estádio Monumental de Nuñez, casa do River Plate, às seis horas da tarde, horário de Brasilia.

Reportagem, Raphael Costa

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.