Falta de segurança e vandalismo prejudicam a iluminação pública

Segundo a Prefeitura, nos últimos meses, a administração vem enfrentando problemas na conservação da iluminação pública. A Secretaria de Serviços realiza os reparos, de acordo com as necessidades e conforme as solicitações da população. Entretanto, diversas lâmpadas já foram quebradas em consequência de atos de vandalismo.

A falta de uma Guarda Municipal legalizada e eficiente deixa a cidade refém dos vândalos. Os postes da Avenida Antonio Sylvio Cunha Bueno, no Parque Jurumirim, são os principais alvos dos ataques.

“Principalmente em bairros periféricos, os moradores solicitam trocas de lâmpadas, porém ao chegarmos nos deparamos com lâmpadas quebradas, luminárias amassadas, tudo por decorrência de pedras que são jogadas”, relata o secretário de Serviços Sérgio Gallego.

Em alguns pontos urbanos foram trocadas as lâmpadas mais de duas vezes, porém a Prefeitura interrompeu o serviço.

“Como estão depredando os equipamentos, não é viável gastar material que pode ser empregado em áreas também necessitadas”, explica o secretário.

Os bairros Plimec, Paraíso, Jardim Tropical, Califórnia e Vila Martins são os mais prejudicados pelos atos de vandalismo em postes de iluminação.

Através da Secretaria de Serviços, a Prefeitura pede a colaboração da população para que denuncie esses crimes para que seus autores sejam identificados e penalizados.

Contudo, na Ouvidoria Municipal, pelo telefone (14) 3711.2500, podem ser feitos pedidos de trocas de lâmpadas, por meio de cadastro. O prazo para atendimento é de, no máximo, dez dias.

 

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.