Estati diz que Prefeitura está travada e cobra melhorias

Membro da Base de Jô Silvestre, Estati cobrou os funcionários da Prefeitura 

O vereador Carlos Alberto Estati (DEM) disse durante a sessão da Câmara da última segunda-feira (24) que os serviços da Prefeitura estão travados, pedindo mais efetividade nos trabalhos desemprenhados pelas equipes de trabalho.

O parlamentar comentou que está sendo muito cobrado pela população, Estati procurou isentar Jô Silvestre de culpa pelas falhas e cobrou melhor empenho da gestão municipal. 

Durante a sua palavra livre o vereador falou sobre o semáforo retirado da avenida Major Rangel e instalado próximo a entrada da Penitenciária Paulo Luciano de Campo (P1) e que não está em funcionamento.

“A semana inteira os munícipes me cobram o porquê esse semáforo não está funcionando. Eu que moro nessa área sou muito cobrado”, comentou o parlamentar.

Estati se mostrou irritado pelo serviço prestado pela prefeitura, ao retirar o semáforo e instalar em outro local, mas deixando sem o devido funcionamento.  

O vereador também pediu informações sobre a municipalização do Horto Florestal, dizendo que o local precisa receber melhorias, como o desassoreamento do lago. Estati mostrou preocupação com o turismo da cidade e que além da ABQM (Associação Brasileira de Quarto de Milha) também perdeu mais um evento, o Potro do Futuro.

“Vou continuar com essas cobranças. O turismo é uma fonte de renda muito grande e é preciso investimento”, concluiu o vereador.

Ouça as palavras do vereador: 

 

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.