Furacão joga finalíssima da Sul-Americana contra Junior Barranquilla

Dia de decisão Continental. Depois do River Plate levantar a taça da Libertadores, chegou a vez de conhecermos o campeão da Sul-Americana. Atlético Paranaense e Júnior Barranquilla, da Colômbia, entram em campo para decidir o título inédito para as duas equipes na noite desta quarta-feira (12).
E a expectativa é grande para a torcida do Furacão, já que muitos consideram o jogo mais importante da nova Arena da Baixada. As duas equipes empataram o jogo de ida em um a um e agora, quem vencer, leva a taça. Em caso de novo empate, a disputa irá para os pênaltis.

Em jogo, além do título inédito, uma premiação que pode passar de R$ 25 milhões e uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem. Além de disputar a Recopa Sul-Americana, contra o River Plate, e a Copa Suruga, no Japão.

O técnico Tiago Gomes, do Furacão, só tem dúvida com relação ao atacante Pablo, que não está 100% fisicamente e é dúvida para a decisão. Rony e Bergson são as opções de substituição. De resto, o comandante do time paranaense deve escalar a mesma equipe que entrou em campo na primeira partida.

Para os Atleticanos, a noite desta quarta será histórica independente do resultado. Isso porque o clube apresentou novo escudo e nova identidade visual. Até o nome do clube mudou, com o acréscimo de um H na palavra “Atlético”. As mudanças do padrão de uniformes, escudo e nome foram apresentados na noite desta terça e dividiu a opinião dos torcedores.
A bola rola para Atlético Paranaense e Júnior Barranquilla à partir das nove e quarenta e cinco da noite, horário de Brasília.

Reportagem, Raphael Costa

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.