Secretaria de Esportes demite assessor técnico após 40 dias de trabalho

A Secretaria Municipal de Esportes de Avaré (SEME) demitiu no último dia 17 de janeiro o assessor técnico Daniel Gomes Cruz, após pouco mais de 30 dias de trabalho. O servidor comissionado teve pouco tempo para mostrar seu trabalho junto ao esporte avareense já que em dezembro há paralisação da maior parte das atividades esportivas da secretaria.

Segundo o Portal da Transparência, o servidor foi contratado em 6 de dezembro de 2017 e demitido no último dia 17 de janeiro, exatos 40 dias de trabalho. Daniel recebeu salário bruto de R$ 1.790,12 e com alguns descontos finalmente teve depositado em sua conta o valor de R$ 1.633,48.

Daniel é conhecido por seu trabalho junto ao comunicador Rodivaldo Rípoli e desempenharia o trabalho junto ao atual secretário de esportes, Leonardo Rípoli, filho do comunicador.

Aulas suspensas no final de ano

Um comunicado emitido pela Secretaria de Esportes e Lazer no dia 21 de dezembro suspendia as aulas de natação, hidroginástica, basquete, futsal, futebol, handebol e atletismo. A nota também informava que os locais de treinamento receberiam os serviços adequados, visando o bem-estar dos atletas.

Fontes ouvidas por Avaré Notícias disseram que Daniel não foi visto no Ginásio Kim Negrão, sede da Secretaria de Esportes, durante seu período de trabalho e se surpreenderam com a notícia da contratação e demissão do servidor em tão pouco tempo.

Outro Lado

Leonardo Rípoli não atendeu as nossas ligações para comentar os motivos da demissão do assessor técnico.
Daniel Cruz disse que estava no trânsito e que não poderia responder os questionamentos.

Deixe uma resposta