Decisão sobre posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho é aguardada para essa semana

A decisão sobre a posse da deputada Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho ficará para o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF). A posse está suspensa por decisão da presidente da Casa, ministra Cármen Lúcia, ela deve manter a sua decisão e submetê-la ao plenário da corte, que só volta a trabalhar em fevereiro após o recesso do Judiciário.

Nomeada oficialmente por Michel Temer no dia 4 de janeiro e com posse marcada para o dia 9, a deputada foi impedida de assumir após uma decisão da Justiça do Rio suspender a cerimônia.

Condenada pela Justiça do Trabalho a pagar R$ 60 mil a um de seus motoristas. Em outro caso, Cristiane fez um acordo, pagando R$ 14 mil para evitar outra condenação.

O governo fez diversas tentativas para efetiva-la no cargo. Até conseguiu uma decisão favorável no STJ (Superior Tribunal de Justiça) no dia 20 de janeiro, a posse chegou a ser marcada para o dia 22, só que a presidente do STF acatando pedido de advogados que haviam entrado na Justiça do Rio contra a nomeação da deputada, tomou uma decisão provisória impedindo assim a cerimônia de posse.

Amanhã, segunda-feira (29) há a expectativa de que a ministra tome uma decisão final e o processo vá para uma decisão coletiva dos ministros da corte.

Figura Polêmica

Nascida em Petrópolis, região serrana do estado do Rio de Janeiro, Cristiana Brasil é advogada e conhecida por ser filha do político Roberto Jefferson, ex-deputado federal.
Presidente nacional do PTB, Jeferson ficou nacionalmente conhecido por denunciar o esquema de corrupção chamado de mensalão e teve seu mandato cassado em 2005, perdendo seus direitos políticos por oito anos.

 

Faça um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.