Cuidados básicos podem evitar a gripe nas crianças

A gripe, assim como a maioria das infecções respiratórias, é transmitida por meio de tosse e espirros. Portanto, se estou com gripe, ao tossir, os indivíduos que estão ao meu redor podem se contaminar com esse vírus. Por isso, recomenda-se evitar locais fechados e com aglomerações.

Segundo o diretor de departamento de pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Marco Aurélio Palazzi Sáfadi, além da via respiratória, há outro importante mecanismo na transmissão da gripe.

“Eu tusso e, ao colocar a mão na boca, o vírus ali se localiza. Quando seguro uma maçaneta, por exemplo, o vírus vai para ela e, se um indivíduo a toca, pode passar para a mão dele. Assim, ao coçar o nariz ou esfregar a mão nos olhos, essa pessoa pode ser contaminada pelo vírus”, explicou Sáfadi. 

Nesse contexto, além de evitar, na medida do possível, locais com muita gente, é conveniente lavar as mãos com frequência. Isso é fundamental para que seja possível diminuir o risco de contrair infecções respiratórias.

O médico conta que é essencial, em termos de prevenção dos indivíduos dos chamados grupos de risco (crianças de 6 meses a menores de 5 anos; gestantes; trabalhadores de saúde; povos indígenas; indivíduos com 60 anos ou mais de idade; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou de outras condições clínicas especiais), que eles recebam anualmente a vacina da gripe para diminuir o risco de adquirir a doença.

Faça um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.