Com articulação política, Itapeva consegue credenciamento da Oncologia junto ao M.S

A cidade de Itapeva acaba de conseguir o credenciamento do setor de Oncologia junto ao Ministério da Saúde. A informação foi confirmada na tarde dessa quarta-feira (20) pelo deputado-federal Guilherme Mussi.

Itapeva venceu uma batalha enfrentada e perdida pela Estância Turística de Avaré, que tentou a todo custo convencer o Ministério da necessidade de continuar tratando os pacientes com câncer na própria cidade.

Sede da 16ª Região Administrativa do Estado de São Paulo, Itapeva irá cuidar do tratamento de outras 32 cidades que compõe a sua microrregião. A cidade de 110 mil habitantes segundo o IBGE, já possui as unidades da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e do AME (Ambulatório Médico de Especialidades), que em Avaré andam a passos de tartaruga.

Segundo o site Metrópoles, Guilherme Mussi foi o parlamentar que mais havia faltado ao trabalho em 2017, com 35 faltas não justificadas e 12 justificadas, comparecendo a apenas uma sessão no mês de novembro. O seu número de faltas sem justificativas é correspondente a 34% do total de sessões realizadas ao longo do ano.

Mesmo assim, a articulação política dos itapevenses foi suficiente para que a cidade conquistasse essa importante demanda para o município.  

Deixe uma resposta