Deputado Campos Machado é investigado na Operação Cabaré

Uma reportagem exclusiva do Jornal do SBT, divulgada na última quarta-feira (31), revelou detalhes da “Operação Cabaré” e aponta que o deputado Antônio Campos Machado, natural de Cerqueira César, foi citado algumas vezes durante a investigação.

A operação mostrou o envolvimento de policiais militares que recebiam mesada para permitir que cassinos funcionassem em bairros nobres da capital paulista.

Segundo o Jornal do SBT, a Procuradoria Geral de Justiça, que investiga pessoas com foro privilegiado, recebeu uma cópia das investigações após a revelação de que Campos Machado foi citado e seu nome aparece em diálogos gravado  entre pessoas investigadas pela Corregedoria da Polícia Militar e com pessoas suspeitas de práticas ilegais.

Considerada a maior investida da história contra jogos de azar em São Paulo, a operação coordenada pelo Ministério Público de São Paulo e a corregedoria da Polícia Militar prendeu o coronel da PM Luiz Flaviano Furtado, que está na reserva. Outras duas pessoas e mais três oficiais também foram detidos.

O Deputado Campos Machado que é líder da bancada PTB na Assembleia Legislativa foi ouvido pela emissora e disse que não tem conhecimento das razões que possam determinar as citações de seu nome nessa investigação e assim que tiver conhecimento do teor das citações irá se pronunciar.

Deixe uma resposta