Câmara Divulga balanço das atividades de 2017

A Câmara de Vereadores de Avaré divulgou no Semanário Oficial do dia 7 de fevereiro relatório das atividades da Câmara Municipal em 2017. Os dados mostram o comparecimento dos vereadores nas reuniões, movimento geral da secretaria e todas as atividades realizadas pelos vereadores durante o primeiro ano legislativo da atual legislatura.

Os vereadores Toninho da Lorsa e Sérgio Luiz Fernandes foram os únicos parlamentares que compareceram em todas as sessões ordinárias, extraordinárias e especiais realizadas, em um total de 53 sessões, por outro lado, Roberto Araujo foi o mais faltoso, comparecendo em 43 reuniões.

A Secretaria da Casa registrou 1509 requerimentos apresentados, 1073 indicações, 131 Projetos de Lei apresentados, 102 ofícios expedidos e 20 moções apresentadas.

Projetos de Lei

Dos 131 Projetos de Lei e Projetos de Lei Complementar apresentados, 88 são de autoria do Prefeito Municipal (71 aprovados), 16 da vereadora Adalgisa Ward (10 aprovados) e 9 de Alessandro Rios (8 aprovados).

Requerimentos e Indicações

Roberto Araujo foi o vereador que mais apresentou requerimentos, com 227, seguido por Adalgisa Ward (180) e Alessandro Rios (158). Na outra ponta, líder do atual governo, Coronel Morelli apresentou apenas 4 requerimentos.

Já entre as indicações, Adalgisa Ward foi quem mais apresentou, com 346, seguida por Ivan da Comitiva (153) e Alessandro Rios (144). Carlos Alberto Estati apresentou apenas duas, Morelli e Marialva, seis cada um.

Moção de Repúdio

O ano legislativo também contou com três moções de repúdio apresentadas. Alessandro Rios repudiou a decisão dos deputados federais quando aprovaram e encaminharam a reforma eleitoral chamada de “Distritão”.

Sergio Luiz Fernandes apresentou repúdio contra o Banco Santander, que patrocinou uma exposição que supostamente incentivava a pedofilia e a zoofilia.

Já o presidente da Câmara, Toninho da Lorsa, apresentou repúdio contra a Rádio Interativa, sua proprietária Marlene Campos Machado e o radialista Zenna Araújo.

 Outros dados

O balanço do legislativo também mostra outros dados referentes ao trabalho da Câmara no ano passado. Nenhum vereador precisou se licenciar durante o período.

A Composição das Comissões Permanentes, da Mesa Diretora e o Quadro de Funcionários também são apresentados. Assim como a relação de todos os processos licitatórios realizados em 2017.  

Aos vereadores recebem mensalmente R$ 6.600, sendo que o presidente da Câmara recebe R$ 7.600.

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.