Avaré realiza campanha de coleta de sangue

Será realizada na próxima sexta-feira (23) mais uma campanha para coleta de sangue que será destinado ao Hemocentro de Rubião Junior. A coleta será na sede da Loja Maçônica Acácia de Avaré – Avenida Governador Mario Covas, 577 – com distribuição de 90 senhas, no horário das 8 da manhã ao meio dia.  

A campanha é uma realização da Maçonaria, Campanha Doe Órgãos Salve Vidas, Faculdade Eduvale de Avaré, professores e alunos de enfermagem, Hemocentro de Rubião Junior e voluntários.

 Veja se está dentro dos requisitos básicos.

  • Se você tiver entre 16 e 18 anos incompletos, a doação só poderá ser realizada mediante consentimento dos pais ou responsáveis legais. É possível ainda que o Hemocentro solicite a presença dos pais para a doação.
  • Ter até 69 anos, 11 meses e 29 dias de idade, sendo que a primeira doação deve ter sido feita antes dos 60 anos;
  • Ter peso igual ou superior a 50 kg;
  • Estar alimentado, mas evite alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação. Caso seja após o almoço, aguardar duas horas;
  • Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas.

Passo 2: Verifique os impedimentos temporários.

  • Estar bem de saúde. Ou seja, se estiver gripado, resfriado, com febre, espere 7 dias após o desaparecimento dos sintomas;
  • Período gestacional;
  • Período pós-gravidez: 90 dias para parto normal e 180 dias para cesariana;
  • Amamentação;
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
  • Tatuagem e/ou piercing nos últimos seis meses (piercing em cavidade oral ou região genital impedem a doação);
  • Não ter feito exames/procedimentos com utilização de endoscópio nos últimos seis meses;
  • Comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.

Passo 3: Confira se não está dentro dos critérios definitivos de impedimento.

  • Hepatite após os 10 anos de idade;
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis;
  • Malária.

Faça um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.