Afpesp nega contaminação na represa de Jurumirim

O gerente da unidade de lazer da Afpesp (Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo), Daniel Jacomini Cachone, negou qualquer problema na estação de tratamento da unidade, após a palavra livre da vereadora Adalgisa Ward, na sessão da Câmara de Vereadores da última segunda-feira (24).

A vereadora apresentou um vídeo onde moradores questionam a qualidade da água que escorre da unidade de lazer para a represas de Jurumirim.  Durante o seu pronunciamento, Adalgisa cobrou a secretaria do Meio Ambiente para que investigue a qualidade da água.

Segundo Cachone, a rede de esgoto é separada da rede pluvial, “toda água captada, oriunda de chuvas e da superfície das ruas da unidade, não é misturada a nossa rede de esgoto”, explicou.

Cachone também disse que o esgoto coletado passa por uma estação de tratamento e é direcionada para valas de infiltração, salientando que possui análise de água das minas existentes no entorno da unidade de lazer da cidade.

Ouça as palavras da vereadora Adalgisa Ward

 

 

Faça um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.